quinta-feira, 24 de abril de 2014

Depois do fim

Depois do fim… afinal não acabou, o fim não existe, tal como pensava que ele seria.
Continuo sendo quem sou, apenas me libertei dos limites que julgava serem os meus.
Acreditava que a nossa relação me definia, que a minha vida girava em torno de ti, que eras o meu mundo. Eras o ar que alimentava o meu existir e quando me deixaste, o fim que tanto temia na verdade não me consumiu.
Descobri que sou livre.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

#65 Reflexo

Descolando da ideia de limitação, permitindo-se observar aquilo que se manifesta em cada momento, tudo aquilo que surge, sem restrições, apenas aceitando o que surge. O observador tornando-se ciente daquele que observa, sendo essa presença serena e plena.
Tudo é perfeito assim como é, tudo são reflexos surgindo ao longo dos diversos níveis de consciência. Sendo que estes níveis são meras perceções desses reflexos por forma a se relacionarem entre si, sendo todos eles parte desse todo que é indivisível, que não se fragmenta de verdade, mas permite a ilusão de fragmentação para se experienciar a si mesmo de diferentes perspetivas e dimensões.
A vida humana é uma dança de reflexos interagindo entre si, num jogo de limites procurando se expandir, procurando alargar a sua consciência ao encontro da verdade, da essência.
Sendo um jogo de sombras e luzes, um jogo de dualidade, pois são os contrastes que elevam o nível do jogo, que induzem um imergir total na experiência e a sua vivência plena. O ser humano é uma poesia da essência sublimando cada momento de forma única.
A finalidade do jogo é o jogo por si só, é a experiência por si só não existe um prémio final a alcançar. A finalidade deste jogo de dualidade é atingir a realização de que tudo é perfeito assim como é, a ilusão de que algo muda, que há uma evolução, é isso mesmo uma ilusão, não é aquilo que julgámos que é quando se pensa sobre o que é, quando se procura conhecer os porquês.
A ilusão é o motor do jogo, é o que alimenta o seu interesse, que potencia a sua experienciação, a sua vivência. 
E o jogo é verdadeiramente real para quem participa dele, a variedade de situações que ocorrem permitem testar totalmente os limites dos participantes desse jogo. Todas as sensações, todas as emoções, todos os pensamentos são reais. Neste jogo de ser humano foi dada a ferramenta de estar consciente parcialmente daquilo que é, crendo o ser humano que é apenas os limites do seu corpo e dos pensamentos que surgem a ele associados.O ser humano tem consciência de si mesmo. No entanto alguns desses seres humanos são levados a elevar o seu nível de consciência para que relembrem quem são de verdade, para que relembrem que estão a jogar um jogo, que é uma ilusão e que desse modo podem desfrutar em pleno desse jogo, servindo de exemplo para os restantes humanos que contactam. Esse exemplo é de que ocorra o que ocorrer tudo está bem, tudo é perfeito assim como é. 
Estes humanos mais conscientes do que é a sua essência, podem estar dentro do jogo totalmente, fazendo os mesmos percursos que os restantes mais iludidos, mas mostrando que o podem fazer em fluxo com a totalidade, plenamente conectados com o presente. Outros deste humanos mais conscientes demonstram uma experiência muito diversa do comum, como forma de despertar, pelos contrastes gritantes, aqueles que estão profundamente identificados com o jogo. Tendo estilos de vida que demonstram uma opção diversa da tida como normal.
Seja qual for a tua situação atual, sejam quais forem as tuas opções, tudo está bem assim como está. Mesmo que não o pareça e que desejes muito mudar. Essa mudança poderá ocorrer a partir do momento em que aceites aquilo que é este momento, em todas as suas dimensões e não apenas naquelas que te sejam mais simpáticas.
O que quer que mude no decorrer do jogo de cada um, isso só ocorre porque já foi aceite pelo próprio, já foi aceite pela sua essência. Nada ocorre por acaso.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

You are it

Fear unreal
Only love is real
You are it, love

Listen your heart

Listen your heart
It knows the true you
Let it guide you 

Inner light

Your inner light
Shines upon the world
Open your eyes

Peace of mind

Peace of mind
Abiding in the now
Wholeness present

Symbols

Words are symbols
Symbols of limitations
Just illusions

Need to change

Need to change
Observing the need
It wasn't real

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Liberdade individual

A liberdade de um povo começa acima de tudo pela liberdade individual. 
A liberdade individual necessita de uma revolução interna. 
Uma revolução interna que faz cair as crenças limitantes sobre quem és e descobres a tua voz. 
A tua voz é verdadeira quando resulta da tua essência, quando ouves os murmúrios latejantes da tua alma. 
Os murmúrios latejantes da tua alma procuram abrigo nas insatisfações externas para que despertes. 
Despertando contribuis para a liberdade de um povo.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Lack of love

Lack of love
Trying to find it without
It was always me

Within the dream

Within the dream
Just enjoying it all
Being present

I am not that

Thoughts arise
Limiting awareness
I am not that

Limited idea

Ego just is
A limited idea
Aware of it

Not real

Awakening
Noticing thinking
It was not real

Serenity

In serenity 
Observing it all now
Life occurs